+55 (17) 3215-9455 - (17) 99608-8373

Fort Luz - Materiais elétricos e iluminação em São José do Rio Preto e região

DETALHES DA NOTÍCIA

Fim da comercialização de lâmpadas Led sem certificação Inmetro.

14/06/2017

Fim da comercialização de lâmpadas Led sem certificação Inmetro.

As lâmpadas LED já são realidade no mercado nacional, ganhando a preferência dos consumidores, que vêm cada vez mais aprendendo a importância da economia de energia dentro do orçamento familiar, bem como do uso de produtos sustentáveis, que não agridem ao meio ambiente. 

Hoje é possível encontrar todos os tipos e formatos de lâmpadas LED, muitas vezes com os mesmos formatos das lâmpadas que já conhecemos, com a finalidade de facilitar a vida do consumidor na substituição pela nova tecnologia (LED). Entretanto, é possível encontrar também os mais diversos níveis de qualidade nos produtos, com preços convidativos, mas que disfarçavam a baixa qualidade.

Consumidores que se preocupam apenas com o preço no momento de aquisição de suas lâmpadas perdem duplamente:

1° - Por colocar em risco sua vida e suas instalações, com produtos que não têm, por exemplo, isolamento adequado e proteção contra curto circuito;

2° - Por estar sendo enganado em relação às informações de embalagem, como fluxo luminoso, potência, eficiência luminosa e durabilidade inferior ao que o produto proporciona;

De forma resumida, a qualidade tem um preço, que deve ser justo para quem comercializa e para quem adquire um produto.

A fim de trazer maior confiança ao consumidor na aquisição de lâmpadas LED, o segmento de iluminação se uniu junto ao órgão regulamentador INMETRO e construíram juntos as portarias n° 143,144 e 389, que determinam a certificação de lâmpadas LED, definindo requisitos mínimos de qualidade, que garantem a performance e a segurança dos produtos e a regulação da comercialização.

Conforme a portaria 221 do INMETRO, a partir de 17 de julho de 2017, atacadistas e varejistas não poderão mais vender lâmpadas LED sem certificação do órgão.

Após o fim do prazo estabelecido, ações de fiscalização ocorrerão e lojistas e distribuidores poderão ser autuados, sendo passiveis de apreensão das mercadorias sem certificação e multa.

 

 

A CERTIFICAÇÃO 

 

Nas embalagens das lâmpadas LED certificadas há sempre quatro tipos de

Informações a serem observadas:

 

O fluxo luminoso em lúmens (lm) - quantidade de luz emitida.

 

A potência em Watts (W) - consumo de energia elétrica.

 

Eficiência luminosa (lm/W) - relação do fluxo luminoso com a potência.

 

Selo do INMETRO com o certificado OCP

 

Atenção: Não é aquele selo com classificação de letras, este selo é a classificação de eficiência pelo PROCEL.

Analisando a embalagem das lâmpadas podemos, por exemplo ter dois ou mais modelos de lâmpadas LED com potencias iguais, porem com fluxos luminosos diferentes. Sendo a mais econômica a que apresentar uma melhor Eficiência luminosa Lm/W.  

“É essencial disseminar o conceito de fluxo luminoso e eficiência luminosa entre os consumidores. Para não continuar comprando lâmpadas baseando-se apenas na potencia consumida, achando simplesmente que as de maiores potencia iluminam mais do que as de menor potencia, o que nem sempre é verdade”